7 de mai de 2011

Nome da Planta: Pinheirinho - Lycopodiella cernua


Seu nomes populares são: Pinheirinho, Palma-de-são-joão, Pé-de-galinha, Musgão, Musgo do Mato.


Fazendo uma pesquisa pela internet descobri algumas informações interessantes sobre essa planta. A presença do Pinheirinho (Lycopodiella cernua) se pode notar nos campos e matas pelo seu formato de pinheiro, de onde deriva o seu nome popular. Em áreas úmidas e sombreadas onde cresce, pode atingir mais de 2 metros de comprimento. Essa planta se multiplica geralmente de janeiro a agosto. Ocorre em bordas de mata junto a gramíneas em lugares bem iluminados, trilhas, rios, florestas e clareiras. Habita regiões de até 2.200 m de altitude ocorrendo na Amazônia, Cerrado e Mata Atlântica. No mundo o Pinheirinho é encontrado em regiões tropicais da América, África, Australásia e Brasil.

Locais no Brasil onde o Pinheirinho aparece: Norte (Pará, Amazonas), Nordeste (Ceará, Pernambuco, Bahia, Alagoas, Sergipe), Centro-Oeste (Mato Grosso, Goiás, Distrito Federal), Sudeste (Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro), Sul (Paraná, Santa Catarina).

Na medicina popular a Lycopodiella cernua é diurética, antidiarréica, adstringente, antiinflamatória e anti-reumática.

Cultivo

No jardim o Pinheirinho cresce muito bem plantado em vaso (Foto 1) com uma camada de uma espécie de musgo verde que fica por cima da terra. Quando quiser fazer mudas, esperar até que a planta produza ramos bem longos e afastados da touceira. Esses ramos pendem sobre a superfície do solo (Foto 3 e 4) e vão lançar raízes onde repousarem (Fotos 5 e 6), e assim pode-se cortar o galho e replantar em local sombreado, mas bastante iluminado, úmido e, de preferência, onde tiver um musgo verde sobre a terra do vaso.

Fotos da planta em um vaso, ela fica muito bonita:

Foto 1:


Foto 2:



Foto 3: O Pinheirinho se esgueirando para fora do vaso:



Foto 4 Raízes surgindo onde a planta percebe o solo:



Foto 5 Raízes da planta:

Foto 6 Um galho do Pinheirinho plantado em vaso com algo de musgo começando a crescer:



Fonte: Wikipédia, FloraSBS.

Nenhum comentário: